quarta-feira, 3 de março de 2010

Obrigado!


É possível passar por essa vida só? É possível sentir-se como único merecedor da vitória? É possível não agradecer ao mundo? É possível respirar e sentir o alivio do termino?

Não seria possível chegar aqui e não lembrar de todos os amigos que foram amigos e inimigos nesse momento de construção, de lembrar dos inimigos que sempre torceram contra e me impulsionaram a favor da grande vitória, dos parentes que nos momentos de alegria e tristeza se fizeram tão presentes, da MINHA IRMÃ que sempre me deu exemplo de coragem e vitória, da minha MÃE que viu a pobreza da infância se tornar o trabalho da maturidade e o luxo das suas filhas, da minha TIA ZEO que dedicou a sua vida a minha ingratidão e ao meu eterno amor (se não houvesse essa dualidade não seria eu), aos MEUS IRMÃOS que não são de sangue mas que são de coração, que me ensinaram na prática o que é dividir sem perder,o que é amar sem pedir.

Porquê não a Meu pai, aquele que não se fala o nome a quase 1 ano, mas que é o único que mostra o pior de mim, que me faz chorar nos momentos de felicidade, que me faz perceber que a terra pode ser um eterno vazio, que faz o meu humor ir a 0, que me faz vê que ninguém pode morrer enquanto está vivo e enquanto estiver vivo nos sentimentos que mais gostamos de esconder, aquele que sempre criticou o que faço, que sempre quis que eu fosse a melhor, que sempre me impulsionou para isso, que me levava pra natação, que queria que eu comesse feijão, que queria que eu acertasse todos os cantores das mpb...enfim, a pessoa que me fez quem eu sou! A MINHA que sempre me liga e sempre me diz coisas que me fazem mais feliz, a DEBORAH que torna cada ano menor quando conto os dias pra nos encontrarmos, pelas conversas no msn ou por simples scraps, pelo JÃO, G e FRED que fizeram desses últimos anos os melhores e mais engraçados, as AMIGAS DA FACUL que facilitaram o processo e que animaram todos os momentos, a NAIANA que sempre foi um exemplo de personalidade e atitude. (só pra respirar)

AS MINHAS AMIGAS que duvidaram da minha falta de tempo nesse último período, mais que com uma atitude ímpar perdoaram e que com os longos anos de amizade perdoaram todos os meus ataques e sorriram comigo em todos os momentos de felicidade. A Catharina e a Priscilla que podem passar 100 anos sem falar comigo, mas eu carrego as duas como um chamado para consciência e amizade. Aos MEUS GRANDES AMIGOS que com suas loucuras,dramas e alegrias fizeram a minha vida mais animada, louca e divertida.

A JOHNATAN tudo foi com ele. Eu descobri que passei no vestibular ao lado dele, ele foi o primeiro a me parabenizar, eu voltei do trote com ele, eu chorei as matérias perdidas com ele, minha vida pessoal desabou com ele, eu passei nas matérias com ele, minha vida pessoal melhorou com ele, ele não foi na minha banca.....mas ele me fortalece a cada desistência (ele nunca vai ler isso, ele nunca lê).

Enfim, perdi todo o foco. A mim por tentar controlar a minha loucura, por ter errado muito, por ter me punido muito mais, por ter acertado, por ter sido paciente, por ter sido louca...A Deus porque é louco o bastante por me oferecer novas chances, por me ouvir nos momentos de desespero, por me punir quando pego pesado e por ter me oferecido a chance de conhecer todas essas pessoas e de contar com o apoio delas.

Enfim, os términos são sempre o inicio de uma nova vida,uma nova fase.

2 comentários:

Politica sem Demagogia disse...

Choreiii, isso tudo eh verdade
flavinha

Deborah disse...

eu vi meu nomeeee nesse local!
=D
amo vc!
bjus!
Deborah